Daneto

Idioma

  • Português (Brasil)
  • English (United Kingdom)

Banner

Indústria química planeja investir US$ 26 bilhões no País até 2014
De acordo com um levantamento feito pela Abiquim com cerca de 800 empresas do setor, mostra que investimentos no ramo de produtos químicos industriais até 2014 poderão superar US$ 26 bilhões. Do total avaliado, US$ 10,9 bilhões são referentes a projetos aprovados e que estão em andamento. Projetos em estudo somam US$ 11,9 bilhões e os investimentos programados em manutenção, melhorias de processo, segurança e meio ambiente alcançam US$ 3,3 bilhões. Esses investimentos poderão gerar cerca de 5,8 mil empregos diretos.
O Rio de Janeiro receberá o maior volume de investimentos. Está prevista a aplicação de US$ 9,17 bilhões no estado. A maior parte desses recursos está destinada à implantação do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Em Minas Gerais, os projetos somam US$ 3,53 bilhões; em São Paulo, os planos de investimentos chegam a US$ 3,14 bilhões; na Bahia, a US$ 1,54 bilhão e, em Pernambuco, a US$ 1,23 bilhão. Os projetos sem localização definida somam US$ 3,51 bilhões.
Os investimentos programados pela indústria química poderão ser multiplicados nos próximos anos, alcançando US$ 132 bilhões até 2020, com a implantação do Pacto Nacional da Indústria Química. Lançado pela Abiquim em dezembro, no Encontro Anual da Indústria Química, o Pacto lista os compromissos do setor com o desenvolvimento do País e propõe a adoção de uma série de medidas pelo governo, como a garantia de disponibilidade de matéria-prima, a desoneração da cadeia produtiva e a isonomia tributária. O fortalecimento das cadeias produtivas, o aumento da aplicação de recursos em inovação e desenvolvimento tecnológico, a elevação dos níveis de produtividade e a promoção da sustentabilidade são alguns dos compromissos assumidos pela indústria química.
O Pacto Nacional da Indústria Química tem como metas colocar o setor entre os cinco maiores do mundo até 2020 e tornar o País superavitário em produtos químicos e líder mundial em química verde. A Abiquim calcula que a aplicação do Pacto criará 2,3 milhões de empregos no País.
Indústria química planeja investir US$ 26 bilhões no País até 2014

De acordo com um levantamento feito pela Abiquim com cerca de 800 empresas do setor, mostra que investimentos no ramo de produtos químicos industriais até 2014 poderão superar US$ 26 bilhões. Do total avaliado, US$ 10,9 bilhões são referentes a projetos aprovados e que estão em andamento. Projetos em estudo somam US$ 11,9 bilhões e os investimentos programados em manutenção, melhorias de processo, segurança e meio ambiente alcançam US$ 3,3 bilhões. Esses investimentos poderão gerar cerca de 5,8 mil empregos diretos.

O Rio de Janeiro receberá o maior volume de investimentos. Está prevista a aplicação de US$ 9,17 bilhões no estado. A maior parte desses recursos está destinada à implantação do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Em Minas Gerais, os projetos somam US$ 3,53 bilhões; em São Paulo, os planos de investimentos chegam a US$ 3,14 bilhões; na Bahia, a US$ 1,54 bilhão e, em Pernambuco, a US$ 1,23 bilhão. Os projetos sem localização definida somam US$ 3,51 bilhões. Os investimentos programados pela indústria química poderão ser multiplicados nos próximos anos, alcançando US$ 132 bilhões até 2020, com a implantação do Pacto Nacional da Indústria Química.

Lançado pela Abiquim em dezembro, no Encontro Anual da Indústria Química, o Pacto lista os compromissos do setor com o desenvolvimento do País e propõe a adoção de uma série de medidas pelo governo, como a garantia de disponibilidade de matéria-prima, a desoneração da cadeia produtiva e a isonomia tributária. O fortalecimento das cadeias produtivas, o aumento da aplicação de recursos em inovação e desenvolvimento tecnológico, a elevação dos níveis de produtividade e a promoção da sustentabilidade são alguns dos compromissos assumidos pela indústria química.

O Pacto Nacional da Indústria Química tem como metas colocar o setor entre os cinco maiores do mundo até 2020 e tornar o País superavitário em produtos químicos e líder mundial em química verde. A Abiquim calcula que a aplicação do Pacto criará 2,3 milhões de empregos no País.

fonte: ABIQUIM

daneto

Av. Francisco Sá, 3405 - Monte Castelo Cep: 60-310.000/ Fortaleza-Ce Fone: (85) 3236-3396 Fax: (85) 3236-7878
e-mail: daneto@daneto.com.br